teresa carles – vegetariano em Barcelona

Dia desses conheci um restaurante vegetariano delicioso no Raval – bairro que fica no centro de Barcelona, conhecido popularmente como bairro chinês. No Raval, convivem, hoje em dia, pessoas vindas de vários países e culturas. Nas suas ruas, podem ser vistos comércios e restaurantes de todas nacionalidades, sobretudo na parte alta do bairro. E é alí entre a rua Pelai e Tallers, que se encontra este agradável restaurante vegetariano, onde se pode desfrutar de uma comida super saudável e saborosa. Os produtos são todos frescos, e a preparação é a mais natural possível. Eu pedi uma salada de queijo de cabra e um ceviche que recomendo porque estava tudo muito gostoso. E olha que comer uma comida vegetariana com sabor, não é muito fácil, hein!

Certeza que voltarei mais vezes e será meu ponto de encontro, já que o restaurante não fecha entre o almoço e jantar – coisa rara aqui na terrinha da famosa “siesta”. A carta nesse horário, é mais reduzida, mas não menos saborosa. O valor está equilibrado com a qualidade dos produtos, o ambiente super aconchegante e acolhedor- crianças são bem-vindas!

Se tiverem a oportunidade de conhecer o restaurante não deixem de ir!

Imagem

Imagem

Imagem

* teresa carles

Calle  Jovellanos, 2  (Pelai – Tallers)

preço médio por pessoa:  25,00 euros

Barcelona

Anúncios

Restaurante em Amsterdam – Groene Lanteerne

Toda vez que viajamos para algum lugar novo, sempre nos informamos antes quais são os restaurantes mais bacanas, autênticos e que não sejam o típico “restau” de turista. Só que dessa vez a resposta era quase sempre a mesma: – não tem lugar muito bom para comer em Amsterdam, eles não possui muita cultura gastronômica, o holandês não gasta muito com comida… e por aí vai.
Foi quando entrei no blog da Cris Beltrão e vi que ela havia estado em Amsterdam em abril desse ano e fez uma matéria de um bistrô que me chamou a atenção pela vasta carta de vinhos que tinha, pensei: se a comida não for boa, pelo menos beberemos bem.
Chegamos ao local, uma portinha bem pequena, passei por ela 2 vezes antes de entender que alí era o restaurante. Entramos e já fomos super bem recebidos pela querida Yvonne, que cuida do salão e é a “mulher do chef” Roberto – só os dois trabalham no restaurante. Éramos os únicos clientes da noite, a princípio fiquei um pouco com medo de não ter mais ninguém jantando alí, pensei que havía entrado em uma furada, mas logo depois me dei conta de que foi um privilégio ter um jantar romântico no restaurante só para a gente. E tanto o Roberto quanto a Yvonne nos deixaram super a vontade, conversamos bastante com eles, nos divertimos e o melhor de tudo: comemos e bebemos super bem.
A comida é estilo francês, produtos de temporada e com muito sabor.
Provamos primeiro as vieiras salteados com molho de laranja e açafrão – delícia. Depois a lagosta azul com molho Beurre blanc (manteiga, vinho branco e chalota) e espinafre – foi o meu prato preferido. E para terminar comemos um cordeiro com molho de vinho tinto.
A comida estava super saborosa, mas o que mais gostei foram os vinhos. Começamos com um vinho branco alemão: Van Volxem, Goldberg, riesling, 2008. Vinho branco seco, mineral e com um sabor de pêssego. Depois partimos para o vinho tinto: Bellefont – Belcier 1995 – Bordeaux com cor de ameixa intenso, pouco ácido e denso. Sucesso total o vinho tinto!
Minha pontuação geral do restaurante foi 8,5. A do Sergio foi 7,5.
O preço é um pouco alto, mas vale a pena.

O restaurante só para a gente!

O restaurante só para a gente!

Noite mais que especial com o marido.

Noite mais que especial com o marido.

O vinho branco.

O vinho branco.

Lagosta azul

Lagosta azul

Vinho tinto.

Vinho tinto.

Cordeiro.

Cordeiro.

O chef Roberto batendo papo com a gente.

O chef Roberto batendo papo com a gente.

DE GROENE LANTEERNE
http://www.winetrade.nl
Haarlemmerstraat 43
1013 EJ Amsterdam
00 31 (0)20 624.1952

Restaurante Tanta – Barcelona

Estava com muita vontade de conhecer o novo hit de Barcelona, o restaurante peruano Tanta – do chef Gastón Acurio, um dos 20 cozinheiros mais influentes do mundo. Gastón foi o responsável por difundir a culinária – riquíssima – do Peru para o mundo:  Chile, Colômbia, Equador, Venezuela, Panamá, Espanha, México, Argentina, Bolívia, Estados Unidos, Brasil – são alguns dos países que possuem um restaurante assinado pelo chef. 

O bistrô – é assim que se denomina, – fica super bem localizado no bairro l’Eixample, a decoração é moderna, e espaço da sala bem amplo. Mas eu não gostei muito da comida, estava louca para comer um belo cebiche e não comi. Achei sem graça, a apresentação dos pratos “cafoninha” e fiquei bem decepcionada. Eu que tenho uma cunhada peruana que faz um cebiche delicioso, por esse motivo não é fácil me agradar com qualquer cebiche!

Achei os funcionários atentos, mas com pouca experiência. Não sabiam muito bem descrever os pratos que pedimos.

O preço está razoável , 50 euros por pessoa com bebida.

Eu ainda estou sedenta de vontade de comer um cebiche, então no próximo vídeo de receita, vou gravar com a minha “cunha” peruana, para que ela nos ensine a fazer um verdaderio cebiche – made in Peru!!

Tanta Bistrô

Tanta Bistrô


Espaço amplio no bairro Eixample!

Espaço amplio no bairro Eixample!


Banheiro lindinho

Banheiro lindinho


Vista do banheiro

Vista do banheiro


Coctel de Piscu (aguardente peruana), adorei!

Coctel de Piscu (aguardente peruana), adorei!


Cebiche: 3 tipos

Cebiche: 3 tipos


Anticuchos (batata, milho, alho):  carne, peixe e frango

Anticuchos (batata, milho, alho) de: carne, peixe e frango

Restaurante Tanta
Carrer de Còrsega, 235, 08036 Barcelona
Telefone:936 67 43 72

Pudim de Leite com Calda de Mel de Acafrão e flor de Manjericão.

Essa receita, que já fiz aqui em casa – e ficou uma delícia -, quem me ensinou foi a chef Lis Cereja, que comanda o Enoteca Saint Vinsaint em Sampa. Esse charmosissímo bistrô é uma mistura de importadora, wine bar, casa de show – tem noite flamenca, imperdível! -, e restaurante (o menú dá água na boca)! Ah, eles tem a maior carta de vinhos orgânicos, biodinâmicos e naturais do Brasil.
E a receita de pudim que a Lis nos ensina, está na carta de sobremesa do Enoteca!

Vamos a receita:

Pudim de leite

200 ml de leite integral
100 g de açúcar refinado
2 ovos inteiros
2 gemas
1 g de sal
20 ml de extrato de baunilha

Ferver o leite.
Misturar os outros ingredientes e mexer até ficar homogêneo.
Cozinhar até ponto de nappé, sempre mexendo.
Distribuir nas forminhas previamente caramelizadas (derreter um pouco de açúcar no fundo da forminha)

Calda de Açafrão
500 ml de água
300 g de açúcar refinado
100 ml de mel
pistilo de açafrão o quanto necessário
Flor de manjericão.

Preparar uma calda com açúcar e a água. Quando estiver em ponto de fio, adicionar o mel e os pistilos de açafrão. Resfriar, e colocar junto com a flor de manjericão no pudim na hora de servir!

Aconselho a provar essa sobremesa lá na Enoteca, e a aproveitem para conhecer mais um lugar bacana em São Paulo.

ambiente intimista com apenas 10 mesas!


lugar para ir com os amigos ou o love!

O Enoteca Saint Vinsaint:

Rua Professor Atílio Innocenti, 811,
Vila Nova Conceição
http://www.saintvinsaint.com.br

Bistrô Cinq Mars – Paris

Fomos ao Cinq Mars, por indicaçao de um crítico gastronômico amigo do Sergio, foi um dos melhores restaurantes que visitamos em Paris.
É um bistrô charmoso, bem localizado (está perto do museo d’Orsay), e oferece um menú clássico com um toque moderno: excelente guisados, carnes e saladas; uma boa seleção de vinhos; e um ambiente rústico e acolhedor.
Buscando informação sobre o bistrô na internet, descobri que até a irmã da princesa da Inglaterra, a Pippa Middleton, frequenta o Cinq Mars. Très chic!!!!!

Quero agradecer ao grande fotógrafo Leandro Armani, que fez essas fotos lindas da nossa viagem gastronômica!

Sergio, Leyla, Eu e Leandro

Tentando entender o cardápio - Sergio ajudou bastante!

Foie gras com geléia de ave e ameixa

polvo com vinagrete de limão e coentro

patas de rã com alho e salsinha

Salada com filet de carne

Mexilhao a Marinera

linguiça com purê de batata

costela de cordeiro com abobrinha

abricó com baunilha e coalhada

clos de grives 2004

Cinq Mars (fica pertinho do museo d’Orsay)
51, rue de Verneuil, Paris
7/+33 1 45 44 69 13/
Fechado domingo e segunda-feira.

Paris – Le Baratin

Nada melhor do que passar o aniversário em Paris, ao lado do marido, de queridos amigos e comendo em lugares incríveis. Foi assim meu cumpleaños de 34 anos, comemorado esse último final de semana. Tivémos a sorte – e também indicação de amigos – de comer em restaurantes bons e com preços bem agradáveis.
A moda agora em Paris -, e que já está se espalhando pelo mundo – é o conceito de Bistronomic (bistro econômico): alta cozinha a preços baixos, num ambiente urbano, informal mas sério; onde se aprecia a criatividade culinária e de vanguardia.
Muitos chefs de alta cozinha, como: Paul Bocuse, Alain Ducasse, Alain Senderens, entre outros, aderiram a esse movimento de oferecer boa comida a preços mais democráticos.
Nosso primeiro jantar, depois de subirmos a Torre Eiffel – que vista mais linda! – foi o bistrô Le Baratin. Está localizado um pouco longe do centro de Paris, não faz parte do circuito da moda – por isso mesmo eu adoro – , os únicos turistas éramos nós.

A Torre Eiffel e Eu

A vista lá de cima

Le Baratin

O cardápio

O balcão

Adorei essas jarras de água

Leandro, Eu e Sergi

Leylinha e Leandro

Santé!

Alcachofra com foie gras

Sopa de pescado

Tartar de corvina

Eu não sou muito de carne, mas essa bochecha de boi com verduras, estava dos Deuses!

pularda pochada – traduçao: ave selvagem com verduras cozidas dentro de um caldo.

Torta gelada de chocolate meio amargo
Detalhe da cozinha: só cabe a chef!

Vale muito conhecer esse encantador bistrô parisiense, os pratos são deliciosos, o ambiente um charme e o preço super justo…justíssimo!

Le Baratin
3 Rue Jouye Rouve
75020 Paris, Francia
01 43 49 39 70