Restaurante: Casa Paloma

Sabe aquele restaurante que vem sempre à cabeça quando alguém te pergunta onde comer em Barcelona? Pois é, a Casa Paloma é esse restaurante. Sei que sempre vou ser bem atendida, a comida vai estar correta e o ambiente bacana.
A Casa Paloma é um restaurante especializado em carnes. O prato estrela pra mim é o steak tartar, mas não posso deixar de sugerir a salada caesar, uma verdadeira delícia, super bem temperada.
Vai lá conferir!
http://www.casapaloma.es

Anúncios

Restaurante: Hoja Santa em Barcelona

Este fim de semana fui finalmente conhecer o restaurante (gastronômico) mexicano Hoja Santa, dos chefs Albert Adrià e Paco Méndez. O restaurante é um dos 5 restaurantes comandados pelos irmãos Adrià no bairro de Sant Antoni, em Barcelona.
O restaurante é super agradável, o ambiente acolhedor, música mexicana boa, mas… a comida sinceramente não achei lá essas coisas. Eles nos fizeram um menu, nem olhamos o cardápio, nos deixamos levar pela sugestão do chef – me arrependi-, porque já no terceiro prato não aguentava mais comer, era muita coisa e nem tudo era bom. Achei que alguns pratos tinham um gosto de ovo, sim, gema de ovo. Talvez meu paladar não seja requintado, ou simplesmente ele é purista demais. Não gosto de comer o que não é, entende? Gosto de comer comida de verdade, não curto muito essa coisa de espuma, de desconstrução da comida, dessas mesclas vanguardistas. Mas, tem gente que gosta, e gosta bastante desse tipo de comida, então vale a pena conhecer o restaurante para você dar sua opinião.
Eu realmente gostei do ambiente, foi um jantar super astral, o serviço é o que eu destacaria de melhor. Da próxima vez vou ao restaurante Niño Viejo, é do mesmo dono, e está ao lado do Hoja Santa. O Niño Viejo, tem o conceito mais informal de uma taqueria mexicana. Acho que lá vou me dar melhor!

 


Relação de amor e ódio com a ostra! Sempre peço, me arrependo, e sempre volto a pedir!

IMG_4627

Margarita!

 

 

Esses são os produtos mexicanos mais usados nos pratos! Ahhh se eles só usassem estes produtos, e não  acrescentassem as espumas, os molhos com gosto de ovo, seria uma delícia!

Esses são os produtos mexicanos mais usados nos pratos: limão, vários tipos de pimenta, feijão, coentro, milho!

Ervilhas, eu amo, mas o molho era com gosto de gema de ovo.

Ervilhas, eu amo, mas o molho era com gosto de gema de ovo.

 

 

 

Os aperitivos

Os aperitivos

Sobremesa: esqueci do que era!!!!

Sobremesa: esqueci do que era!!!!

Para finalizar o famoso "chupito"- nossa saidera. Mezcal

Para finalizar o famoso “chupito”- nossa saidera.
Mezcal

teresa carles – vegetariano em Barcelona

Dia desses conheci um restaurante vegetariano delicioso no Raval – bairro que fica no centro de Barcelona, conhecido popularmente como bairro chinês. No Raval, convivem, hoje em dia, pessoas vindas de vários países e culturas. Nas suas ruas, podem ser vistos comércios e restaurantes de todas nacionalidades, sobretudo na parte alta do bairro. E é alí entre a rua Pelai e Tallers, que se encontra este agradável restaurante vegetariano, onde se pode desfrutar de uma comida super saudável e saborosa. Os produtos são todos frescos, e a preparação é a mais natural possível. Eu pedi uma salada de queijo de cabra e um ceviche que recomendo porque estava tudo muito gostoso. E olha que comer uma comida vegetariana com sabor, não é muito fácil, hein!

Certeza que voltarei mais vezes e será meu ponto de encontro, já que o restaurante não fecha entre o almoço e jantar – coisa rara aqui na terrinha da famosa “siesta”. A carta nesse horário, é mais reduzida, mas não menos saborosa. O valor está equilibrado com a qualidade dos produtos, o ambiente super aconchegante e acolhedor- crianças são bem-vindas!

Se tiverem a oportunidade de conhecer o restaurante não deixem de ir!

Imagem

Imagem

Imagem

* teresa carles

Calle  Jovellanos, 2  (Pelai – Tallers)

preço médio por pessoa:  25,00 euros

Barcelona

Restaurante Tanta – Barcelona

Estava com muita vontade de conhecer o novo hit de Barcelona, o restaurante peruano Tanta – do chef Gastón Acurio, um dos 20 cozinheiros mais influentes do mundo. Gastón foi o responsável por difundir a culinária – riquíssima – do Peru para o mundo:  Chile, Colômbia, Equador, Venezuela, Panamá, Espanha, México, Argentina, Bolívia, Estados Unidos, Brasil – são alguns dos países que possuem um restaurante assinado pelo chef. 

O bistrô – é assim que se denomina, – fica super bem localizado no bairro l’Eixample, a decoração é moderna, e espaço da sala bem amplo. Mas eu não gostei muito da comida, estava louca para comer um belo cebiche e não comi. Achei sem graça, a apresentação dos pratos “cafoninha” e fiquei bem decepcionada. Eu que tenho uma cunhada peruana que faz um cebiche delicioso, por esse motivo não é fácil me agradar com qualquer cebiche!

Achei os funcionários atentos, mas com pouca experiência. Não sabiam muito bem descrever os pratos que pedimos.

O preço está razoável , 50 euros por pessoa com bebida.

Eu ainda estou sedenta de vontade de comer um cebiche, então no próximo vídeo de receita, vou gravar com a minha “cunha” peruana, para que ela nos ensine a fazer um verdaderio cebiche – made in Peru!!

Tanta Bistrô

Tanta Bistrô


Espaço amplio no bairro Eixample!

Espaço amplio no bairro Eixample!


Banheiro lindinho

Banheiro lindinho


Vista do banheiro

Vista do banheiro


Coctel de Piscu (aguardente peruana), adorei!

Coctel de Piscu (aguardente peruana), adorei!


Cebiche: 3 tipos

Cebiche: 3 tipos


Anticuchos (batata, milho, alho):  carne, peixe e frango

Anticuchos (batata, milho, alho) de: carne, peixe e frango

Restaurante Tanta
Carrer de Còrsega, 235, 08036 Barcelona
Telefone:936 67 43 72

Chiringuito Escribà

Sabe o que é um chiringuito?
A palavra chiringuito é de origem cubana (em Cuba se utilizaba esta palavra para pedir un café), mas aqui na Espanha ganhou o significado de snack-bar/ estabelecimentos de comida e bebidas à beira mar. Geralmente é um restaurante informal, com boa comida e uma ambiente acolhedor – um ótimo programa para os finais de semana (com sol, melhor ainda)!
Aqui em Barcelona o meu preferido é o chiringuito do Escribà, lá servem a melhor paella de Barna – e olha que comer uma boa paella aqui, é difícil. Mas no Escribà garanto que você vai comer uma super paella e vai se deliciar com as vistas da praia de Bogatell!

Paella


Praia de bogatell


A fachada


Comer e ver o mar!

Camarão


Carpaccio de Atún com Guacamole


Salada com queijo de cabra

O Chinriguito do Escribà:

Ronda Litoral Mar, 42
Praia de Bogatell
Fone:93 221 07 29 (sempre bom fazer reserva)

Hotel Mandarin Oriental Barcelona

Mandarin Oriental, é um hotel boutique, cujo interior é tão elegante e espetacular como a cidade de Barcelona. Está situado na chiquérrima avenida Passeig de Grácia, em frente a casa Batlló de Gaudí e ao lado de lojas luxuosas como: Prada, Hermés e Dior.
É um hotel – se você está disposto a pagar 1 mil euros por noite -, que oferece muitas opções de lazer e ócio. A piscina que está no último andar, com vista para toda a cidade é uma dessas opções! Também o restaurante Moments comandado pela 3 estrelas michelin, Carme Ruscalleda; e sem contar com o espetacular spa de 1.000 metros quadrados, oito salas de tratamento (que incluem holística) e uma piscina coberta de 12 metros de comprimento.
Mas se você prefere um hotel mais em conta, ou vive na cidade, pode disfrutar do charmoso terraço do Bar Mimosa, um lugar para tomar um drink e comer uns aperitivos – e conhecer gente bacana e descolada. O preço me chamou a atenção, pensava que seria caro – tinha como referência a diária do hotel -, mas não, os preços são justos e o ambiente super agradável.


A entrada

Piscina coberta

Restaurante Moments

Suíte mais básica – a de 1 mil euros

o banheiro da terrace suíte – 3.800 euros

Essa é a Penthouse Suite – a mais luxuosa – 8.700 euros a diária

Terraço Bar Mimosa

Os preços

Olha esse banheiro!

Hotel Mandarim Barcelona
Passeig de Gracia, 38-40
08007 Barcelona
fone: 34 931 518 888

Chinês em Barcelona

O Shanghai, é sem dúvida um dos melhores restaurantes chineses de Barcelona. Tentamos ir pelo menos uma vez ao mês (sempre aos domingos) -, é bem aquele típico almoço de domingo: passamos horas no restaurante, comemos quase que o menú inteiro e sempre saímos de lá e vamos direto para casa curtir a famosa “siesta”.
A decoração do restaurante, não é tão pesada quanto a dos restaurantes chineses tradicionais – é mais harmoniosa e sóbria que o habitual.
O chef, José Maria Kao, é responsável pelo desenvolvimento de um menú completo que inclui muitos pratos: como pato assado com cebola (meu preferido), massas frescas, verduras de todos os tipos, curry ou sabores doce e azedo. As raízes da família, metade chinês meia catalão, também se reflete na cozinha com uma fusão de sabores que incluem também o Mediterrâneo.
O menú que escolhemos semana passada foi totalmente light!

Decoração harmoniosa

O chef José Maria Kao, Sergio e Javier

Flor de abobrinha

Rolinho de carne de porco com verduras e menta

Arroz frito com verduras

Espinafre salteado com licor chinês

Repolho com congumelos

Vagem com frango

Barceloneta

Barcelona tem praia, mas muitas vezes até esqueço disso, porque o caminho da praia nao faz parte do meu dia-a-dia.
Mas só saber que eu tenho o mar ao meu lado, já fico feliz -, e muito. E quando tenho vontade, pego minha moto, vou a um bar que fica em frente a praia de Barceloneta, beber uma cerveja geladinha, comer um guacamole, e apreciar a vista do mediterrâneo. E claro, observar a diversidade da gente que passa por lá – muitas vezes bizarra!

Olha a vista!

O bar se chama Santa Marta, e fica no começo de Barceloneta.

Cerveja geladinha e gin tonica

Guacamole com nachos

Coure

Coure em catalao significa cobre, e se pronuncia coura -, é esse o nome de um dos restaurantes mais charmosos aqui de Barcelona. É um local aconchegante, minimalista e com alguns detalhes em cobre na decoraçao. Logo na entrada há um balcao grande (super disputado) e no piso de baixo um salao bem amplo – eu prefiro ficar no balcao, mais divertido ver a movimentaçao de gente. A qualidade-preço é uma das mais justas aqui na cidade, você pode se deliciar com tapas gourmets e boa cava, por 50 euros por pessoa – foi esse valor que pagamos no último sábado.
Uma dica: como quase todos os restaurantes de Barcelona, é bom você fazer a reserva uns dias antes para garantir seu lugar no balcao.

Só de ver as fotos dos pratos, fico com água na boca!

Prima Bianca e cunhado Javier na porta

o balcao

Tartar de buey com mascarpone

Burrata - simples e maravilhosa!

Bacalhau com azeitona preta e tomate

camarao

bom demais

maracujá, coco, menta e canela - melhor sobremasa do mundo!

Coure
Passatge de Marimon, 20 – Barcelona
Telefone: 93 2007532

Tapas

Eu adoro a cultura das tapas – é bem espanhola – e tomei gosto pelo ritual de sentar na barra de um bar e pedir todos os tipos de tapas, sempre acompanhadas por uma caña (chopp) bem gelada. Mas bar de tapas (bom mesmo), eu não conheço muitos aqui em Barcelona, provei bons bares de tapas em outros lugares da Espanha, como Andaluzia e País Vasco.
Mas estes dias fui a um bar de tapas, o Cañete, aqui no Raval – que é um bairro que fica do lado direito da Ramblas – olhando em direção ao mar. É um bairro marginal, com muitos imigrantes, mas também é um bairro artístico, um dos melhores museus de arte contemporânea da Espanha – o MACBA – está situado do coração do Raval. Não é um lugar bonito, mas é underground, é interessante, me lembra o centro da cidade de São Paulo – a praça Roosevelt, por exemplo. Vale a pena conhecer as duas coisas: o bar e o bairro.
O bar é uma graça – adorei – dentro tem uma barra enorme, também tem mesas e a atmosfera é bem cigana, imersa em uma música tipicamente andaluz. Eles oferecem até 70 tipos variados de tapas, as porções e preços acessíveis e, o serviço é super agradável!

a barra

mais uma vez: a barra

Salada russa

pao com tomate nao pode faltar

berberechos ao vapor

eu e ele

Raval